sábado, 12 de julho de 2008

Histerectomia, por quê?

Certamente várias mulheres com miomas já se perguntaram ao sair do consultório do ginecologista:
Por quê meu médico indicou a retirada do meu útero?


Acreditem, existe uma explicação, ou melhor, várias explicações. Como todos sabemos, com as diversas alternativas existentes, a histerectomia (retirada do útero) é, em quase na totalidade das vezes, desnecessária para o tratamento dos miomas. Então, por quê será que a maioria dos médicos ainda indicam a histerectomia como a primeira opção de tratamento? As considerações são as seguintes.

A histerectomia é, sem sombra de dúvida, a cirurgia mais cobiçada e realizada durante a residência médica. Tradicionalmente, sempre foi a melhor e a única opção para tratar os miomas. E, hoje, a falta de recursos da maioria dos serviços de residência médica não permite procedimentos diagnósticos e terapêuticos capazes de se tentar, com maior certeza de sucesso, o tratamento dos miomas sem a retirada do útero. Por isso, raramente as miomectomias e outros tratamentos como a embolização dos miomas são realizados. Portanto, o ginecologista quase sempre termina a residência médica com um número insuficiente de miomectomias realizadas, conferindo uma experiência insatisfatória na sua formação profissional.

A histerectomia é mais fácil do que uma miomectomia. Sim, isto pode parecer um contrasenso, mas é a mais pura verdade. A histerectomia é, na maioria das vezes, uma procedimento repetitivo e com pouquíssimas variações anatômicas. Isto torna a histerectomia um procedimento relativamente simples e previsível, demandando uma curva de aprendizado menor do que da miomectomia. A histerectomia se resume em desconectar o útero dos ligamentos que o prendem à pelve, ligar (ocluir) e seccionar (cortar) os vasos sanguíneos que nutrem o útero e, por fim, retirar o útero. Com isso, invariavelmente, a retirada de um útero raramente ocorre em mais de uma hora e meia. Já a miomectomia, diferentemente da histerectomia, é um procedimento singular, variando de paciente para paciente. Nunca uma miomectomia é igual a outra. Vários fatores irão influenciar a abordagem conservadora do útero. Localização e número de miomas são os principais. Esses dois fatores combinados fazem com que tenhamos uma infinidade de variações. Logo, para um ginecologista estar apto a realizar uma miomectomia com segurança para a paciente e com uma possibilidade maior de preservação do útero, é necessário que ele tenha um tempo de treinamento e um número de cirurgias suficientemente grande a ponto de qualquer dificuldade intra-operatória ser superada sem problemas.

E o mais triste de todos os motivos. A remuneração dos convênios, baseados na tabela da AMB (Associação Médica Brasileira) e na CBHPM (Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos) por uma histerectomia é maior do que por uma miomectomia. Então, pode até parecer cruel, mas sem dúvida, creio que este seja um dos principais motivos. Vejamos os seguintes pontos. Uma histerectomia é mais fácil de ser aprendida. Uma histerectomia é mais simples de ser realizada por ser mais previsível. O tempo necessário para se realizar o procedimento de histerectomia é menor e mais previsível do que de uma miomectomia, possibilitando agendar duas ou mais cirurgias seguidas. E, finalmente, o ganho com uma histerectomia é sempre maior do que com uma miomectomia.

Agora podemos entender alguns dos reais motivos pelo qual alguns ginecologistas desencorajam outros tratamentos, que não a histerectomia, para tratar os miomas. Claro que não podemos generalizar. Sempre existem médicos que estão afinados com a evolução da medicina e com os desejos de suas pacientes.

Então, ao ouvir de seu médico "Você está com miomas, vamos retirar o seu útero" sugiro que, inicialmente, apenas duas perguntas sejam feitas a ele:
1) Por que está sendo indicado a retirada do útero?
2) Quais são as outras alternativas à retirada do útero que está sendo proposta?

Se uma das respostas for:
1) O seu útero não serve mais para dar filhos, somente para dar câncer.
2) A preservação do seu útero é impossível.
3) Não existem outros tratamentos.
4) A histerectomia é o melhor tratamento. (sem que lhe seja apresentada outras alternativas)

Procure uma segunda opinião e faça valer seus desejos e seu direito de preservar seu útero, e junto com ele sua feminilidade, sua fertilidade e tudo mais que ele possa significar para você.

117 comentários:

Sula Depilação disse...

uma mulher que fez esse procedimento pode engravidar?

Dr. Michel Zelaquett disse...

O útero é o órgão responsável por propiciar o encontro do óvulo com o espermatozóide e, principalmente, abrigar o embrião por nove meses até a data do parto. Infelizmente, sem o útero, não há possibilidade de uma mulher engravidar. Daí a extrema importância que damos à preservação do útero em mulheres que ainda desejam gestar.

carlos disse...

uma mulher que realizou uma histerectomia nao tem nenhuma chance de engravidar, pois gostaria de muito de gerar filho. se negativo, quais outros métodos que poderiam ser utilizados? obrigado pela atenção.

lourdes vilani disse...

existe algum procedimento que reverta a histerectomia ou algum método que possa gerar novamente um filho?

Dr. Michel Zelaquett disse...

Carlos e Lourdes,
Infelizmente a retirada do útero impossibilita totalmente a mulher de engravidar. Além disso, não há qualquer método ou cirurgia que reverta a histerectomia. Uma vez que o órgão foi retirado, não há possibilidade de reimplante de um novo útero ou de adaptar qualquer outro órgão para abrigar uma gestação.
Nos casos em que a retirada do útero foi realizada e a paciente ainda deseja ter filhos, a única opção seria a "barriga de aluguel".

Simone disse...

Tenho, 36 anos e um mioma intramural, do mesmo tamanho do útero.
Por causa da idade, (sem filhos), será que daria tempo do útero cicatrizar, de uma miomectomia, p/ uma inseminação, com 37/38 anos?
Ou seria melhor tentar uma inseminação, sem retirar o mioma?
Obrigada.
Simone

Dr. Michel Zelaquett disse...

Olá Simone,
Muitas vezes, dependendo da localização e do tamanho do mioma, este pode dificultar até mesmo as técnicas de reprodução assistida, reduzindo significativamente o desempenho destas.
Uma miomectomia, se bem indicada, aos 36 anos não compromete uma posterior reprodução assistida. Em geral, recomendamos a fertilização in vitro a partir de 6 meses após a cirurgia de retirada dos miomas.

Anônimo disse...

tenho um mioma submucoso descobri a quatro anos o medico so me disse vamos tirar o seu ultero agora meso não vamos perder tempo vamos marcar a cirurgia fiquei sem chão pois não tinha filhos solteira, graças a Deus estava junto uma residente entrou no meio da conversa e disse não vamos tentar outro metodo foi minha salvação ela me deu uma esperaça de que poderia ser mãe pois é meu maior sonho, ela me indicou um medico e fiz embolização ulterina meu ultero voltou o tamanho normal e não engravidei pois estava procurando um pai ideal agora o meu mioma voltou com força total meu ultero de 60 foi pra 167 a uma hora pra outra, começei tudo de novo pro meu desespero e tive coragem de engravidar mesmo que todos os medicos me dizia que não podia mais ter filhos pois o mioma estava localizado um lugar que não engravidar mais Deus é maior estou gravida de 5 meses de uma meninona linda, mais estou sempre sangrando e todos dizem que é normal mais ninguem me explica o certo o porque esta acontecendo isso estou com muito medo sobre esse sangramento me da uma solução por favor, tenho hoje 34 anos e estou gravida de 5 meses

Anônimo disse...

continuando meu depoimento do dia 13 de abril de 23009 02:46, hoje fiz a ultrasson e descobri que minha placenta esta grudada no meu mioma por Deus o que eu posso fazer estou perdida.....tenho 34 anos e estou gravida de 5 meses.

Dr. Michel Zelaquett disse...

Olá Anônima,
Engravidar com miomas, quase sempre exige um acompanhamento pré-natal mais rigoroso e especializado, visto as intercorrências que podem ocorrer durante a gravidez, como sangramento e dor.
Portanto, sugiro q vc faça seu pré-natal com um obstetra experiente e afeito ao acompanhamento de gestantes com miomas uterinos.

Anônimo disse...

Dr. Michel

Tive mioma no endométrio, fiz tratamentos com Dimetrose, G6 e Elcometrin para tentar engravidar, mas não surtiu efeito; sangrava continuamente durante o uso desse medicamentos. O meu útero aumentou e tive que fazer a cirurgia. Durante a cirurgia o médico me informou que não daria para preservar o útero, por isso fez a histerectomia. Hoje, depois que li alguns comentários e artigos como esses seus, tenho dúvidas se realmente era necessário retirar o útero e me arrependi de não ter procurado outros tratamentos, principalmente porque agora não posso mais ser mãe. Será que tendo um mioma no endométrio, medindo cerca de 7 cm era possível preservar o útero? Será que o médico se influenciou pelo valor que o plano paga por uma histerectomia? Será que para ele era mais simples esse tipo de cirurgia, conforme seu comentário?
Por favor, dê sua opinião.
Obrigada.

Renata disse...

Bom Dia Dr. Michel Zelaquett,

Sofri uma histerectomia parcial em 2000 por causa de um mioma "gigante" que me causou uma atonia uterina apos o parto, segundo a médica que me operou. Depois da cirurgia pouco me foi explicado e muitas duvidas restaram. Nao foi falta de ir à inumeras consultas médicas, mas cada médico parecia ter uma opiniao ja formada sobre o assunto e diferente de todos as outras que escutei.
Por isso, por favor, ficarei muito grata se o Dr. puder responder com franqueza minhas duvidas.
Por que continuo tendo sangramentos regulares todos os meses nas mesmas datas, como se fosse uma menstruaçao normal, apenas com a diferença de que o fluxo é menor mesmo 9 anos apos a cirurgia?
Por que tenho TPM, inchaço dos seios, colicas, etc...nesses periodos do mes em que tenho o sangramento se todos os médicos afirmaram que isto seria impossivel e que logo isso iria "desaparecer" e nunca mais eu teria regras?
Como possuo os ovàrios, as trompas e uma boa parte do colo do utero e esses sangramentos similares às menstruaçoes, como posso ter certeza de que nao corro realmente o risco de engravidar? Pois ocorreram algumas vezes em fiquei sem o sangramento durante 1 a 2 meses e depois tive um sangramento mais longo, de maior fluxo, mais doloroso e acompanhado de pedaços de uma "pele" viscosa, escurecida pelo sangue e outros pedaços meio amarelados?
Uma vez um médico me disse que mesmo que eu engravidasse, a gestaçao nao iria muito longe por falta de espaço no utero. Na época eu era muito jovem e aceitei tudo o que me disseram. Hoje, me incomoda muitissimo a possibilidade de estar engravidando e abortando espontaneamente hà tempos por "falta de espaço"e sem saber! Se a possibilidade existe, nao seria mais logico evitar a "meia" gravidez do que esperar que ela seja interrompida "naturalmente"?
E a consideraçao pela vida do feto?
Mais uma vez estou passando pela mesma situaçao, alias, estamos, pois meu marido também se preocupa, hà 2 meses nao tenho o sangramento de todo mes, meus seios mais uma vez aumentaram bastante de volume e estao super sensiveis ao toque. tenho nauseas, vertigens, sensibilidade no baixo ventre, etc.., como uma gràvida.
Nao quero esperar um abortamento "natural", queremos ter certeza de que ao fazer sexo nao estamos criando fetos para irem descarga abaixo.
E por que os ginecologistas se recusam a fazer um teste de gravidez assim que abro minha boca e digo que fiz histerectomia parcial? Como se isso jà fosse um diagnostico por si so?
Muito obrigada pela compreensao e desculpe o e-mail gigantesco.
Cordialmente,

Jane disse...

Boa tarde!
Estava pesquisando na internet e encontrei este site por acaso. Tive endometriose e endometrioma a vários anos atrás, fiz cirurgias em 1995 e 2002. Em 2006 fiz 2 cauterizações no colo do útero por focos de endometriose e coloquei o endoceptivo Myrena, estou com mioma subseroso e cisto no ovário, que dependendo a época do exame está no esquerdo ou no direito ( como pode isso?) Agora estou sentindo dores fortes novamente e com pequenos sangramentos..pensei em fazer histerectomia parcial, preservando o colo do útero, já que não pretendo ter filhos, gostaria de ouvir a sua opinião, por favor!
Obrigada!
Jane.

Anne Araújo disse...

Eu tenho 31 anos e estou com vários miomas, apenas um tem quase 8cm, os outros são pequenos.
Este de 8cm é intramural. O médico falou que há um risco de se fazer a histerectomia, é verdade? Estou com medo de fazer a cirurgia. Tentei com a única médica que faz a Embolização no meu estado e me disse que seria indicado a cirurgia. Devo confiar?

Anne Araújo disse...

De quanto tempo é a recuperação?

Dr. Michel Zelaquett disse...

Olá Anne,
O risco de histerectomia em cirurgias de miomectomia, desde que em casos devidamente estudados e em mãos de equipes cirúrgicas experientes, é de apenas 1% segundo estudos científicos.
Já a embolização é uma ótima alternativa quando lidamos com miomectomias de alta complexidade, quando o risco de histerectomia torna-se realmente maior.
Então Anne, o ideal seria que você fosse avaliada por um especialista em miomas uterinos habituado a todas as técnicas de tratamento dos miomas existentes. Assim, o tratamento mais adequado para o seu caso pode ser indicado, minimizando o risco de dano a sua fertilidade.

marcia disse...

Fiz uma histerectomia a uns 25 dias .Tenho 47 anos e estou um pouco preocupada com os hormonios que terei.Tais como FSH, LH e estrogêneo.
Ainda não voltei ao medico mas acredito que tenho que fazer algumas suplementações, tais como o estradiol.
Tenho algumas duvidas:
Meus niveis de estradiol irão cair ?
Como devo repor este hormonio?
Porque estudando sobre o assunto ele diminue a textura da pele ,o brilho e a elasticiade .
Através de alimentos posso fazer esta suplementação?
Ou será somente através de medicação?

mirnaingrid@hotmail.com disse...

oi eu me chamo Mirna,vi todos esses depoimentos,mas acho q o meu ainda é pior
há 3 anos atrás descobri um cisto em um dos meus ovários e no hospital antonio pedro em niterói o médico disse q eu teria q fazer uma hesterectomia total ,meu utero estava perfeito ,ele mesmo falou ,mas ele falou q utero só serve para gerar filhos e como eu já tinha 3 não precisava mas dele,só q a cirurgia foi tão mau feita q eu fiquei com uma pele caida na parte de baixo da minha barriga ,minha barriga ficou torta e a cicatriz também ,mandei um imal para o hospital pedindo uma cirurgia reparadora e o hospital me comunicou que eu teria q ir a um posto de saude para um médico fazer uma avaliação para saber se o meu caso é de cirurgia,só q detalhe quando eu fiz essa cirurgia eu fui direto ao hospital não passei por posto nenhum e eu tinha 31 anos,hoje tenho 34 muita vergonha do meu marido porque minha barriga é horrivel ,eu digo isso porque tive 3 filhas e minha barriga nunca nem passou perto disso,essa cirurgia só serviu pra me acabar depois dela eu engordei 12 quilos e não consigo mas perder esse peso faço tratamentos mas mesmo assim,quando eu começo a perder peso ai que essa pele da barriga fica pior mole e com cheiro de azedo é muito tristew ver que tenho uma idade com o corpo e a aparencia de outra idade e quando vou lutar pelos meus direitos sou obrigada a ouvir esse tipo de coisa,ultimamente a minha vida está reduzida a chorar,chorar e chorar.

LU SERENA disse...

fiz a cirurgia de retirada do utero pois estava com mioma, foi preservado meus ovarios, trompas e colo pois o cirurgião disse estar integros, gostaria de saber qual é o meu repouso exato e tempo em que posso voltar as etividades profissionais sem riscos a cirurgia foi tipo cerariana, obrigada.

Anônimo disse...

Prezado Dr. Michell,
Estou com indicativo de retirada do útero , devido a um mioma de 4x5 cm intramural, tem causados transtornos durante a menstruação com muito sangramento, coágulos, TPM total , dores fortes de cabeça, peso no ventre,cansanço extremo, enfim...va´rios sintomas desagradáveis.Estou fazendo exames para ver como seria a embolização neste caso.Qual sua opinião sobre isto , um mioma deste porte realmente indica histerc.ou não?Estou bastante angustiada e aflita, pois recuperação de processo cirúrgico não é o meu forte, sofro muito.Tenho um casal de filhos, 45 anos enão desejo mais ser mãe.O que achas?

Anna Daniela disse...

Intramural e subseroso:
Olá Dr. Michel. Tenho 28 anos, sou virgem e solteira, sem desejo de ter filhos. Depois de tomar anticoncepcional por 3 anos, tive uma TVP em 2006. E foi diagnosticado em 2008 o que seria um mioma subseroso de 4.5cm. Em 1 ano e dez meses, ele dobrou de tamanho - agora em novembro mediu 9,6cm. Mas decobriu-se também que ele começou intramural e aumentou para subseroso. O útero tem 9,4 X 7,1 X 6,5 cm e o mioma 8,7 X 7,4 X 5,8 cm. O volume total do útero com o mioma é de 462,5 cm3. Fui a 3 ginecologistas e o prognóstico é o mesmo - histerectomia total. Seria equivalente a uma gravidez de 4,5 meses. O procedimento é correto? Agradeço a informação!

Anônimo disse...

Olá Dr.
Tenho 47 anos. Faz 9 semanas fiz uma histerectomia abdominal, parcial (foram preservados os ovários), por causa de miomas no útero. Tudo correu normalmente só que agora tenho uma barriga que não tinha antes. Meu abdômen aumentou de tamanho, está duro, inchado, caído e sensível ao toque.
Gostaria de saber por quê aconteceu isso, se é normal, se posso fazer algo para diminuir o volumem e se com o tempo a barriga volta a ficar firme e desinchada.
Aguardo resposta, obrigada.

ramona disse...

Olá Dr.
Tenho 45 anos um mioma e uma indicação de cirurgia de retirada de útero. Como estou com muitas dúvidas com relação ao procedimento gostaria de uma opinião sua. Fora o volume abdominal ele não me causa dor nem hemorragias mais intensas, só me comprime um pouco a bexiga fazendo com que tenha que ir mais frequentemente ao banheiro. Vou descrever a seguir o resultado das duas últimas ecografias transvaginal feitas:

20/10/2009 - Útero em anteversoflexão, medindo 12,5 x 11,1 x 8,6cm, de contornos irregulares e egogenicidade heterogênia, devido a presença de miomas, o maior, subseroso, em parede lateral direita que mede 9,3cm.
09/06/2008 - Útero em anteversoflexão, medindo em seus diâmetros longitudinal, transverso e anteroposterior respectivamente 11,0 x 7,3 x 6,3cm, com volume de 263,0cm³, contornos irregulares e padrão textual heterogênio, devido a presença de miomas, o maior deles ocupando a parede anterolateral direita e medindo 8,5 x 6,4cm.
Li artigos na internet que falam sobre os efeitos colaterais desse tipo de cirurgia e além de outras complicações tb do risco de ficar com a bexiga caída com o tempo. Tem alguma verdade nisso? Será que não teria uma outra forma de tratar esse mioma? Obrigada Dr.Michel

cleide disse...

Olá Dr. tenho 34 anos a e há 1m ano me submeti à histerectomia parcial.
Meu caso é identico ao de Renata postado em 24 de maio de 2009 porém não consegui visualizar nenhuma resposta ao caso dela. Agradeceria imensamente caso, se for possível, o senhor esclareça essa nossa dívida. pois como é possivel menstruar apos a histerectomia?
Cordialemente, Cleide Frazão

Jaqueline disse...

Olá Dr. tenho 45 anos, tive um filho com 22 e para estancar o sangramento o Dr inseriu gases no meu utero e esqueceu de retirá-los. As gases ficaram mais de 1 mês no meu utero. Apos, ainda consegui ter uma filha (saudável) depois no ano de 1999 sofri por uma histerictomia com a retirada de: ovários, tuba uteria, trompas e o utero, no caso TUDO no lugar do utero ficou o meu intestino. Gostaria de saber porque isso aconteceu? Também gostaria de saber se existe algum tipo de pomada que eu não precisasse utilizar libruficantes na relação (me sinto mal), mas faço reposição hormonal normalmente.

márcia disse...

Oi Dr. Michel...
Meu nome é Márcia tenho 39 anos e fiz histerectomia aos 37 anos, meu marido faleceu ano passado, e hoje estou casada novamente, meu atual marido quer ter um filho e não sei o que pósso fazer, já pensei numa adoção mas, ele que um filho nosso. O que eu posso fazer? Será que tem alguma outra solução??? Obrigada! Aguardo resposta.

Luciane disse...

Boa noite, tenhoa 33 anos e não tive filhos, há dois anos descobri que tinha mioma subseroso através de ulrta transvaginal, depois resonância e tinha sinais de adenomiose, tomei zoladex de 10,8 durante 9 mese (uma aplicação a cada 3 meses) minha menstruação só retornou 12 meses depois da última aplicação, e já tem 7 meses que voltou a descer, mas vem um mes sim outro n, minha médica n sabe me dizer ao certo o q acontece. gostaria de um ajuda, a e desejo ter filhos

Luciane disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
davidwn disse...

Dr Minha Mulher Naum Tem espaço sulficiente no utero ela tem um filho de 4 anos e disse que quase morreu na mesa de parto por falta de espeço no utero e eu queria saber si tem possibilidade dela enravidar novamente de mim pois quero muito ter um filho quais os procedimentos

Mara Macedo disse...

Hola acabei de saber que não tem mais jeito terei que passar pelo procedimento de cirurgia histerectomia meu útero cresceu começamos o tratamento ele media 109, hoje no ultimo exame ele esta 350 cobrindo a bexiga.Tenho 42 anos 3 filhos uma filha de 21 anos e gêmeos de 20 anos, mas estou arrasada triste lutei para não chegar a esse diagnostico.

silvia disse...

OLÁ !!!FAZ 1 ANO QUE DESCOBRI Q/ TENHO INDROMETIOSE E UM PEQUENO MIOMA SUBVUCOSO FIZ O TRATAMENTO COM ZOLADEX E NADA DEPOIS MEU MÉDICO RESOLVEU COLOCAR O MIRENA E NOVAMENTE NADA PRA AJUDAR DESCOBRI Q/ TENHO UM CISTO ESPERO Q/ AGORA ELES RESOLVAM TIRAR O MEU UTERO POIS NÃO GUENTO MAS FICAR SOFRENDO! VC ACHA Q/ ESSA VAI SER A MELHOR SOLUÇÃO? POR FAVOR ME AJUDE!!!

Rubiane Brochi disse...

Olá, sou Rubiane, tenho 28 anos, descobri o Portal do Mioma pela internet.
Estou muito preocupada, sou solteira e ainda não tive nenhum filho. Este ano descobri que tenho útero miomatoso. Gostaria por favor, de seu parecer médico como especialista em miomas para ver que caminho tomar para resolver. Aqui está o resultado da ultra-sonografia feita no dia 28/04/2010.
Em ante-verso-flexão, assimétrico, apresentando formato globoso, contornos balelados e grande volume, pela presença de três nódulos intramurais miometrais porém com abaulamento de contornos.
São hipoecóicos, heterogêneos e irregulares, medindo: 5,8 x 4,7 cm em parede ântero-fúndica; 8,88 x 7,3 cm em parede posterior, desviando eco edometrial anteriormente; 5,8 x 4,7 cm em parede ântero-lateral esquerda.
Eco endometrial medindo aproximadamente 12,5 mm de espessura.
Diâmetro do útero: longitudinal: 17,2 cm ; anteroposterior: 8,7 cm ; transversal: 11,6 cm.
Volume uterino: 907,2 cm³.
Ovários bem delineados com volume e textura normais.
Já fui ao ginecologista e o seu parecer foi a retirada do útero (histerectomia).
Será que há outra solução para quem deseja ter filhos como no meu caso? Seria possível engravidar? Seria uma gravidez de risco? Não há como eu ter um filho pelo menos e depois fazer a retirada do útero?
Aguardo urgentemente o seu parecer de médico. Desde já agradeço do fundo do coração. Que Deus te abençõe.

Anônimo disse...

Bom dia
Tenho 38 anos e acabei de me casar, nos exames pre-nupciais descobri muimos do tamanho de um caroço de laranja, posso retirar por videolaparoscopia sem ter que retirar o útero.
Paula

luci disse...

qual é a propabilidade de haver sangramento tipo menstruação em uma pessoa que fez histerectomia e foi preservado o colon do utero e um dos ovarios, iniciando com uma sangramento discreto como uma borra de café e aumentando com a necessidade de utilizar absorvente, não sendo igual uma menstruação em conteudo pois o sangramento é pouco mas dura até 3 dias, diminuindo diariamente, já realizado ultrassom intravaginal e mostrando ok.
gostaria de saber se há alguma explicação.
obrigada.

ana freire disse...

Ola Dr. Hoje fazem 17 dia que fiz uma hixterectomia. Tenho 36 anos e um filho. Haviam 3 miomas em meu utero 1 intramural profundo que deslocava o endometrio, 1 submucoso e 1 subseroso esses dois na regiao fundida.Meus ovarios foram preservados. Minha mae teve um mioma no final da menopausa e aos 70 anos ,uns 17 anos apos ela teve um cancer de endometrio.Por essa razao, da mae, da idade e de ja ter filho, fui orientada a fazer a cirurgia. O Sr. acha que fiz certo. foi um processo tao doloroso. E agora o que vai acontecer com meu corpo?
Ana Freire

Rebeca disse...

Boa noite! Doutor, minha mãe tem 53 anos e fez a histerectomia por causa de um mioma que estava calsificado e levantou a bixiga hj faz uma semana é normal sentir muita dor no pós operátorio. por ela sente dores fortes e sente agulhadas isso é normal? o que ela pode tomar para aliviar as dores.
Ela tem tomado Lisador e vontaren será que ela pode colocar alguma pomada por dentro ou isso irá prejudicar a recuperação???
mt obrigada aguardo resposta

Luú disse...

BOA TARDE NA MINHA TERCEIRA GRAVIDES TIVE UMA RUPTURA UTERINA TIRARAM O ULTERO E OS ORVARIOS MEU BEBE NAO RESISTIU GOSTARIA DE SABER PORQUE ISSO OCORREU
ISSO É COMUM
PRECISO FAZER ALGUM TRATAMENTO
ISSO OCORREU A 2 ANOS ATRAIS E ATE HOJE EU TENHO UM ESCORRIMENTO ESCURO TENHO 37 ANOS

Sizi disse...

Oi, sou Sizi, tenho quase 40 anos e já fui submetido por três vezes à ALCOOLIZAÇÃO DE MIOMAS onde a época existia três, onde no último procedimento em janeiro deste ano, além da alcoolização foi colocado o DIU MIRENA. Após quase nove meses do procedimento cirúrgico, tenho sangramento menstrual de quase um mês, com fluxo baixo. Procurei um profissional da área e fui informada que minha única opção para solucionar este sangramento seria a HISTERECTOMIA PARCIAL. Perguntei então se não poderia ser submetida à EMBOLIZAÇÃO e fui comunicada que por conta de ter vários miomas além dos três que tentei tratar apareceram mais quatro; além de estar com um volume de útero de quase 578,00 e se fosse submetida à EMBOLIZAÇÃO esse útero necrosaria e apodreceria. Isto é verdade? Tenho dúvidas: Após uma histerectomia parcial, isto é com parte do útero não posso ter endometriose? Pois parte do útero que ficará não será sobrecarregado por conta do sangramento? O que faço? Qual será o procedimento adequado para permanecer com meu útero e combater esses miomas?

Dr. Michel Zelaquett disse...

olá Sizi,
A embolização dos miomas, quando realizado pela técnica recomendada e com equipes experientes, não causa necrose uterina. Isto porque a embolização, ou seja, obstrução do fluxo de sangue, é direcionada exclusivamente aos vasos sanguíneos que nutrem os miomas, não interferindo na vascularização do útero.
Por este motivo que na nomenclatura médica houve uma mudança de Embolização de Artérias Uterinas (EAU) para Embolização de Miomas Uterinos (EMU).
Além disso, em minha experiência de 5 anos acompanhando e realizado este procedimento, nunca tivemos um caso sequer de necrose uterina. Portanto, este argumento não tem fundamento.
Então, em casos de múltiplos miomas podemos indicar sem problemas a embolização dos miomas.
Quanto a histerectomia parcial, ou subtotal, quando se preserva o colo uterino, não há este risco mencionado por vc, visto que o corpo uterino, que é responsável pela menstruação, será removido. Então, não haverá produção de fluxo menstrual.
Para o seu caso, sugiro uma avaliação criteriosa, de preferência com um especialista em miomas uterinos, para um melhor diagnóstico e para definição do tratamento mais adequado para o seu caso.

Anônimo disse...

olá! Tenho 37 anos. Fiz um exame que foi detequitado adenomiose e miohiperplasia, fui a minha ginecologista e me receitou cerazzete, o qual me causa ansia de vômitos, cefaleia, dores abdominais. Devo continuar com o mesmo? e qual medicação devo tomar pra aliviar as dores? Andrea Souza

vanda disse...

a dois anos eu fiz uma histerectomia.agora estou com uma barriga de gravida de tres meses.o que sera?por favor me ajude.posso estar com alguma complicação.beijos

Adriana disse...

Olá,tenho 47 anos e realizei à 17 dias uma histerectomia total abdominal pois tinha um mioma de 14cm,sangramento a 2 meses e anemia, tentei tratamento com hormônio antes mas foi o que iniciou o sangramento.Estou me recuperando bem, mas faz dois dias começou um sangramento (discreto), gostaria de saber se é normal aparecer algum sangramento semanas depois da cirurgia? Obrigada pela atenção.

Anônimo disse...

Boa noite fiz histerectomia parcial a +/- dois meses devido o aumento da vascularização pelvica e diversos miomas e normal ocorrer a saida de secreção em pouca quantidade pelo mesmo tempo do procedimento uma amiga disse que ocorreu com ela também mais depois parou ocorre????

Angie disse...

Olá Dr.
tenho 49 anos e fui operada recentemente de câncer de mama. Eu já tinha dois pequenos miomas intramurais(cerca de 2cm). Logo após a cirurgia eu comecei com um sangramento forte que já dura 2 meses. Estou fazendo quimioterapia e muito preocupada com este sangramento, porque não para com Transamin e eu não posso tomar hormônios por causa do cancer. E agora, vou ficar sangrando até a quimio reduzir os miomas? O que eu posso fazer? Nenhum médico me dá opções...

Mirian disse...

Olá Dr.
Em Agosto de 2010, fiz uma histerecomia subtotal, estava com um mioma gigante e estava prejudicando uma cardiopatia grave ja existente. A médica disse que eu não iria menstruar mais, mas em Novembro comecei a menstruar normal, minha barriga ficou grande de novo e passei a ter dores fortes na lombar, lado direito. Fiquei chateada, pois passei por uma cirurgia de risco e continuo mentsruando. Pq será Dr.?

Claudia disse...

Olá gostaria de saber se vc saber tirar a minha dúvida, fiz uma ressonancia do pelve para ver o formato do meu últero e deu o seguinte resultado, últero com anteversoflexão, com forma, contornos e dimensões normais, com abaulamento discreto da cavidade endometrial, e contorno externo convexo, caracterizando últero arqueado. Zona juncional e endométrio com espessura e intensidade de sinais normais. O colo uterino tem forma, contornos, dimensões e intensidade de sinais normais. Bexiga em topografia usual, com repleção parcial,paredes simétricas e conteudo homogeneo. Saberia me passar alguma informação sobre esse resultado, pois ainda nao levei no médico. Dizem que pode ser utero bicorno ou sepitado, e por isso posso ter dificuldade para engravidar. OBRIGADO

Anônimo disse...

fiz histerectomia a 16 ANOS ATRAZ, E SANGRO TAMBÉM IGUAIS OS COMENTARIOS DE ALGUNHAS MULHERES, O MÉDICO Q. ME OPEROU FALOU Q. SERIA NORMAL, POR EU TER FICADO COM UM PEDAÇO DO COLO, O MÉDICO Q. ME CONSULTO ATUALMENTE ACHA Q. NÃO FUI EM OUTRA MÉDICA Q. TEM A OPINIÃO DO Q. ME OPEROU, AGORA VEJOQ. OUTRAS MULHERES TEM OS MESMO SINTOMAS Q. O MEU, E AI QUEM PODE NOS DAR A RESPOSTA CORRETA, O SENHOR PODE NÓS AJUDAR? JÔ

Dr. Michel Zelaquett disse...

Jô,
Pacientes que foram submetidas a histerectomia subtotal, ou seja, retirada do corpo uterino com preservação do colo uterino, podem sangrar periodicamente ou não. Isto porque, quando se faz a cirurgia, uma pequena parte do endometrio (camada mais interna do útero e que descama todo mês levando a mesntruação) pode ficar residual no interior do colo uterino. Com isso, esse endometrio residual vai se comportar exatamente como antes, descamando periodicamente, assim como a menstruação. Por este motivo, algumas mulheres submetidas a histerectomia com preservação do colo uterino podem sangrar como se fosse menstruação.
Então, não há o correto. Após a histerectomia subtotal pode ou não menstruar. Mas, em geral, essa menstruação é bem discreta e com fluxo bem reduzido.

Dr. Michel Zelaquett disse...

Olá Claudia,
Em geral este achado na ressonância está associado ao útero bicorno. No entanto, para afastar a possibilidade de útero septado é necessário a realização de uma videohisteroscopia diagnóstica.
Útero bicorno não é causa de infertilidade, porém o útero septado pode ser sim. Mas útero septado é de fácil resolução e com ótimos resultados no resgate da fertilidade.

alandigo disse...

Tenho 31 anos, não apresentava dores nem sangramentos ou qualquer outro tipo de sintoma, começou um corrimento um mês antes, dai veio a consulta....
Preventivo Papanicolau outubro 2o1o, Resultado nada satisfatório, apresentando vírus HPV (NIC I) sou casada a 10 anos , este vírus pode ficar encubado durante anos e se manifesta quando sua imunidade abaixa... minha medica receitou uma pomada esfole ante vaginal durante 7dias (Recomendação: não ter relação sexual caso venha, usar preservativo), não obtive sucesso com ela, depois disso foi feito uma biópisia do colo do huterino, (7 dias para vem o resultado exame) indolor por sinal ainda com o vírus encontrado recomendou CONIZAÇÃO , (Consiste em retirar uma parte colo em formato de cone, cerca de 3 cm ou 2/3 do mesmo com instrumento especifico ) ,com isso a medica me disse que resolveria, mais não foi bem assim.
Fiz a cirurgia Particular (Clinica Bermiro Sargiojato) no valor 1600,00 reais, única exigência foi a depilação do local, recebi anestesia geral.

alandigo disse...

Durante a cirurgia o medico percebeu que o colo não esta tão bom quanto deveria, isso me assustou muito, fiquei dois dias internada isso em novembro, pelo SUS não a internação e anestesia só local (relato de duas conhecidas) no primeiro dia fiquei apenas na cama sem muitas dores, esperando passar o efeito da anestesia ,no segundo tive alta tomeis alguns remédios para Infecção e anti inflatórios, feito um exame da peça retirada (10 dias para o resultado exame) longos dias estes.... foi recomendado um reconização e acompanhamento medico, tudo isso no próprio exame, ficou uma margem do vírus que já havia se tornado carcioma invasivo, de fora pra dentro hutero
Conversando com o medico optei em retirar o útero,(HISTERECTOMIA nela sai todo o útero, trompas e uma parte pequena da vagina por segurança) mesmo com a reconização, corria riscos de não elemina la e com grande probabilidade de voltar em 2 anos , preferi não passar por isso novamente..... Meus ovários foram mantidos, com isso não necessito tomar hormônios de reposição, cirurgia foi feita particular na mesma clinica valor mais salgado de 3.500,00 reais ocorreu tudo certo, Fui internada um dia antes para preparação,
Exames de rotina para anestesia , que e do tipo RAQUI pela medula, junto com …......... pra não ver tudo isso
Feito um lavagem intestinal, e depilação do local (remédio injetado pelo anus por uma bisnaga , fiz em casa a depilação)
Corte abdominal perto dos pelos pubiano, cerca de 15 cm (maior que cesária) onde a pele e desolada internamente, isso dói e fica inchado por 2 meses ou mais, no corte e feito pontos internos que com o passar do tempo e possível percebe los pela pele , mais e normal (pontos bem duros) e externo tipo plastica para cicatriz não ficar tão feia
No primeiro dia após a cirurgia fiquei esperando passar o efeito da anestesia que deixa a parte inferior do corpo paralisada, usei sonda para urinar nesse dia, fui para casa no 3 dia, dai uma dieta balanceada para evitar gazes, dói muito quando ocorre cólicas intestinais mais isso passa....tomei muita gelatina diluída.... e fiquei sem fazer esforço físico durante 3 meses peso máximo de 5 kg, mais evitei ate dois....
Depois fica vindo a especie de um corrimento que é normal ate 2 meses, no meu caso criou uma carne esponjosa no interior da vagina, nos pontos nada grave, dai o corrimento não para , esse mesma foi retirada no retorno do medico sem anestesia, apenas uma picada e sentido na hora, meu medico recomendou exames de rotina de 6 e 6 meses, e uma tomografia pélvica onde e necessário um jejum de 12horas antes do exame estar com a bexiga cheia tomando um remédio neste período para coloração, depois eliminado tudo pelo próprio organismo...
Para a cicatriz recomendo usar a pomada Kelo Cote , ela é cara, cerca de 100,00 R$ mais e muito eficiente e dura cerca de 3 meses a ajuda muito
Minha vida sexual começou 40 dias depois com muita calma, depois de 2 meses já me senti mais a vontade, as vezes sinto um pouco de dor no começo mais passa rapidinho, minha lubrificação ficou normal e o prazer também
Enfim ... e difícil pensar positivo nesses momentos mais tem que ser assim, terá que ter muita força ….o nervosismo vira, e inevitável mais passara também, a cada exame ou cirurgia...comigo deu tudo certo graças a Deus...faz 6 meses pós operatório e tudo esta certo minha vida voltou ao normal mesmo
espero que esse texto ajude quem venha a ter que passar por isso...Desejo muita Força e Sorte para você ...não se esqueça de Deus...e o que mais me deu força .Obrigada

Aparecida disse...

Olá Doutor, gostei muito a sua explicação relacionado com a esterictomia. Mas a minha duvida é que tenho 27 anos tenho policisto no útero, não tenho ovulação e os policistos não causam a descida da mestruação tive 1 ano sem ter e procurei meu ginecologista e me passou um anticoncepcional e quando tomo desce. Mas quando passo um mês sem tomar não desce. Eu sou casada, não tenho intenção alguma de ter filhos eu poderia fazer a exterictomia? Agd a resposa, Obg

cassia disse...

Olá Dr, Meu exame de USG diagnosticou com miohiperplasia uterina ou adenomiose, e verifiquei que o tratamento mais indicado é a histerectomia ou ablação endometrial histeroscopica, tenho 29 anos e ainda não tenho filhos, ha outras opção de tratamento que não me impeça de ter filhos?


Cassia-sp

Anônimo disse...

Olá Doutor:

Há 12 anos fiz histerectomia. Tenho 44 anos e estou começando a sentir dificuldade em prender os gases intestinais. Gostaria de saber se esta cirurgia interfere no controle da retenção de gases. Eu tenho medo de passar um cosntrangimento. Gostaria de saber se existe tratamento para este problema.
Obrigada

Anônimo disse...

Bom dia
Tenho 39 anos.Fiz histerectomia a onze anos e agora começou um sangramento parecido com mesntruação. Existe a possibilidade de, depois desse tempo todo, eu voltar a menstruar?
Aguardo resposta urgente, pois estou muito preocupada com a situação. Desde já agradeço.

Anônimo disse...

Olá Doutor;
Minha principal dúvida é se eu não retiro o útero, o mioma passe a tomar proporções cada vez maiores e se torne cancerígeno.É possível que isso aconteça?E se o tempo com medicação for perdido por não ter efeito esperado?
Grata!
Emília

Anônimo disse...

Anonima
Fiz uma histerectomia quando tinha 29 anos sem me ser apresentada outra alternativa, engordei muito e fiquei durante muito tempo deprimida. Agora com 49 anos fiz uma cirurgia a bexiga sinto-me deprimida nao sei o que me esta a acontecer. Gostava de saber se isto e normal.
MAFM

tôemksa disse...

Boa tarde.Tenho uma duvida e uma pergunta.Fiz uma histerctomia total a 15 dias, estou bem,tive uma otima cirurgia e pós, mas a uma semana estou com os meus seios alterados e doloridos.Logo me veio uma surpresa começou a sair leite estou surpresa.Isto pode acontecer?o que fazer?e a minha duvida, é que não foram retirados os meus ovarios.Onde eles ficaram na cavidade?

Anônimo disse...

Fiz uma cirugia que retirei os orgãos reprodutores femimino, tenho 30 anos e tenhu que fazer reposição de hôrmonio.
Quais os riscos pós operatorios, sexo fiz com 4 dias que estava em casa mais não teve penetração e nem fiz esforço,posso ter complicação doutor?

Anônimo disse...

Boa tarde, doutor.Irei fazer uma histerectomia esse mês(julho), mas estou com anemia e tenho prolemas de pressão alta e só porque está chegando a data,minha pressão está alta demais.Estou com muito medo. Será possível fazer a operação? Poderei morrer na mesa?

Anônimo disse...

Gostaria de saber se apenas tendo o colo do útero, após o procedimento de histerioctomia parcial, é possível engravidar. Obrigada.

Anônimo disse...

FUI NA GINECO HOJE E ELA FEZ EXAMES E DISSE QUE ESTOU COM O UTERO COM 4 CM, E PARECE QUE COM 2 MIOMAS DE +- 10CM.ELA DISSE QUE EU TEREI QUE RETIRAR TUDO.MAS SONHO EM ENGRAVIDAE...TENHO 32 ANOS...NÃO É POSSÍVEL FAZER ALGO SEM TER QUE FICAR ESTERIL?
ME RESPONDA POR FAVOR
ESTOU DESESPERADA.
TATI

MICHELLE disse...

Olá Dr. Tenho 32 anos, e estou fazendo os exames para fazer uma histerectomia. mas tenho muito medo do pós operatório. Sou muito vaidosa, tenho medo de ficar com a barriga grande e o abdomen flácido. Já tenho 2 filhas e fiz 2 cesáreas, mas não tenho barriga alguma. O risco é grande após a cirurgia? No meu caso tenho adnomiose, e um cisto no ovário direito, será necessário mesmo fazer essa cirurgia. estou com muitas dúvidas. Obrigado!

leide disse...

DR. POR FAVOR ME AJUDE E ESCLAREÇA-ME POIS ESTOU PREOCUPADA FIZ UMA CIRURGIA HISTERECTOMIA TOTAL RETIREI O MEU OVARIO ESQUEDO, POR QUE TINHA MIOMAS , E LOGO DEPOIS DA CIRURGIA TIVE UM SANGRAMENTO,E AS VEZES COM UM POUQUINHO DE COLICA, HOJE TEM 36 DIAS E ISTO ME ASSUSTA POIS SE TIREI O ÚTERO COMO PODE SANGAR? ISTO É ERRO CIRURGICO,? É SERIO ? PODE CAUSAR ALGO MAIS SÉRIO ? HA RISCO DE ENGRAVIDAR? E ANTES DA CIRURGIA EU NÃO MENSTRUAVA A 2 ANOS.FALEI PRO MEU MEDICO E ELE ME DIXOU UM TANTO NERVOSA POIS NÃO HOUVE CLAREZA NÃO FIZ ESFORÇO FISICO, NEM TIRE RELAÇÕES, POIS SEI QUE SERIA SÉRIA EU ACHO NÉ,O QUE É ISTO DR? SOCORRO ESTOU APAVORADA NEM DURMO MAIS DIREITO CHORO MUITO ....RESPONDA-ME POR GENTILEZA. OBRIGADA.

Lisa disse...

Olá Dr . fiz uma histerectomia dia 20 de agosto hj fazem 9 diaas e estou sentindo pontadas no intestino e bexiga ao relaxar a barriga isso é perigoso , por favor me ajude liguei ao meu médico ele disse q teria q reavaaliar mais terei q abrir de novo ele disse q seria hernia aonde????? desconforto q incomoda bastante obrigado

Luzia disse...

DR. michel por indicaçao do meu ginicologista fiz uma utrason e constou miomas no meu útero, ele me passou remedio durante 6 meses...10 comprimidos iniciando ao decimo quinto dia de cada menstruaçao, segui diritinho a receita, voltei a ele e ele me recomendou outra ultrson...mas pelo dignostico o remedio nao fez efeito, os miomas cresceram em volume. Dr. se o meu medico me recomendar a cirugia miomectomias existe a possibilidade dos miomas voltarem? porque se isso é possivel vou opitar por histerectomia. porque ja tenho 3 filhos um homem e uma mulher, tenho 43, anos ja fiz laquiadura teberica há 19 anos atraz, e nao pretendo ter mais filhos. Dr. Michel se posseivel me responde por favor, desde já obrigada.

Anônimo disse...

Boa Tarde!

Fiz uma video laparoscopia para focos de endometriose no ovario e utéro. Recebir alta no mesmo dia gostaria de saber quantos dias de repouso preciso para voltar a trabalhar?

Muito Obrigada!

Anônimo disse...

Fiz histerectomia, mas não foi retirado os ovários, neste caso há possibilidades de ser mãe via barriga de aluguel? se sim, quais procedimentos devo fazer?
obrigada

Gersiane Ortiz disse...

Olá Dr. Meu nome é Gersiane, sou fisioterapeuta. Minha cunhada passou por histerectomia parcial, devido à uma atonia uterina. O caso dela é exatamente igual ao da Renata ( pessoa que deixou uma dúvida nesse blog em 2009). O senhor não respondeu a dúvida dela, então trago-a novamente e peço que leia o recado que ela deixou em 01 de junho de 2009 com o nome Renata e nos esclareça tais dúvidas.
Desde já agradeço.

Anônimo disse...

Olá doutor!
Minha mãe fez uma cirurgia de histerectomia na quinta-feira e teve alta ontem, ela esta sentindo dores nos pontos, justamente onde fica os ovários, tem dores também para soltar gases, gostaria de saber se estas dores são normais?
Já agradeço pela atenção.

Obrigada

Dr. Michel Zelaquett disse...

Boa Noite Gersiane,
Tanto o seu caso quanto ao da Renata realmente não são comuns, mas são possíveis de acontecer. As histerectomias parciais realizadas no periodo pós-parto imediato, são aquelas que retiram o corpo uterino (onde está o endométrio que menstrua todo mês) e preservam o colo uterino. Por vezes, na retirada do corpo uterino resquícios de tecido endometrial (endometrio) podem permanecer no colo uterino. Em geral este resquícios são impossíveis de identificar no momento da cirurgia, por isso eles podem não ser retirados.
Então, este endometrio remanescente no colo do útero vai se comportar exatamente como o endometrio que existia no corpo uterino que foi retirado, menstruando todo mês. Mas como em menor número do que antes, o fluxo tende a ser tambpem menor do que antes.
E, como nas histerectomias parciais o corpo uterino é retirado, é desfeita também a "conexão" entre o útero e as trompas. Por este motivo que não há a possibilidade da mulher engravidar após uma histerectomia parcial. Portanto, não há a possibilidade de estar tendo um abortamento espontâneo todo mês, visto que nem a fecundação ocorre.
Quanto aos sintomas de TPM, estes são provocados pelos hormonios produzidos pelos ovários preservados no momento da cirurgia.
Bem, espero ter esclarecido pelo menos parte das dúvidas de vcs.
Agora, para melhor esclarecimento do caso de vcs de forma mais individual e personalizada, recomendo a realização de uma consulta presencial.

Giovania Rocha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Giovania Rocha disse...

Dr. Michel

Sou Giovania tenho 28 anos.
Hoje fiz uma ultra-sonografia e o resultado foi: apresentado nódulos solidos, hipoecogenico, o maior nódulo apresenta-se com area anecoica, irregular no centro sugerindo degeneração e localiza-se na parede anterior, medindo 9,4x8,1x8,4 cm volume+ 338 cm, sugerindo nódulo de mioma intramural com comprometimento subseroso degenerado. Gostaria de um parecer seu, pois estou louca para engravidar e essa noticia me deixou preocupada. com esse diagnostico eu posso fazer outro tipo de procedimento cirurgico que não fosse a histerectomia? Ainda poderei engravidar? aguardo sua resposta anciosa.

Anônimo disse...

TENHO 28 ANOS E A UM ANO FIZ histerectomia. ATE HOJE SOFRO MUITO COM ISSO, PRIMEIRO MOTIVO QUE NAO TINHA NÃO TINHA FILHOS. E SEGUNDO MINHA MEDICA NÃO TINHA OUROI JEITO. AS VEZES ACHO QUE NEM VOU CONSEGUIR CASAR, PQ TENHO MEDO DO MEU MARIDO NÃO ACEITAR ESSA SITUAÇÃO. SEI QUE NÃO É FACIL PARA UM HOMEM ACEITAR ISSO, ESTOU NAMORANDO A 9 MESES E TENTO SMEPRE NÃO TOCAR NO ASSUNTO COM MEU NAMORADO. O QUE DEVE FAZER?

Dr. Michel Zelaquett disse...

Boa Tarde Anônima,
Lamento profundamente a sua dor de não ter mais o seu útero.
Entendo suas angústias quanto ao comprometimento da sua fertilidade.
Seu relato é de grande valia para as mulheres, ainda jovens como vc, que estão a beira de uma cirurgia para retirada do útero.
Fique forte e não deixe de procurar um acompanhamento psicológico.

Dr. Michel Zelaquett disse...

Olá Giovania,
Em geral, miomas intramurais com tamanho superior a 5,0 cm podem comprometer a fertilidade. Portanto, em muitos casos é recomendado a cirurgia para retirada do mioma (miomectomia) com a preservação do útero.
Apesar do tamanho do seu mioma, quando o caso é bem investigado e em mãos de cirurgiões experientes, quase sempre é possível a cirurgia de miomectomia sem a retirada do útero.
Portanto, não deixe de procurar atendimento especializado para resolução do seu caso.

Giovania Rocha disse...

Dr. Michel

Foi de grande ajuda o seu parecer em relação ao meu problema, uma vez que eu tire o mioma, mesmo assim pode comprometer a minha fertilidade? Muito obrigada pelas suas palavras...

Anônimo disse...

Bom dia Doutor!
Por favor me esclareça essa duvida
Minha irma acabou de se casar e logo foi detectada um mioma nela e sua medica disse que ela tem que retirar o utero. Se esta for mesmo a unica saida ela pode ovular para uma possivel inseminação com barriga de aluguel?
tem alguma chanse de reverter esse quadro sem comprometer sua fertilidade ? por favor me responda.
Desde já agradeço.

Marta Regina disse...

olá, gostaria que esclarecesse algumas dúvidas, no dia 25/08 fiz uma
raspagem no útero, pq estava com dois miomas, que já estava sendo tratados desde 2009, estava tomando anticoncepcional para controlar as hemorragias, e após esse procedimento, fiz o exame de ultrasson transvaginal e constou que ainda estou com os miomas, e agora um pouco maiores, um no meio do útero e outro na parede do útero, voltando em outro ginecologista, ele marcou a cirurgia para retirar o útero,como tenho hipotiroidismo (falência da glândula) e faço reposição hormonal purant T4 100mg, por dia, não posso tomar anticoncepcional, quero saber, se terei algum problema depois da cirurgia, sinto muitas dores nos ovários e nas trompas, tenho 42 anos e faz 12 anos que operei para não ter mais filhos. Corro riscos, ou esse procedimento é o certo? minha cirurgia será em dezembro...já passei por outros ginecologistas que sempre optam pela retirada do útero. me ajude Dr!
M.

Anônimo disse...

bom dia, Dr.
Fiz uma histerectomia ha quatro anos e uns dias atras ate pensei que estava gravida,depois de uns quinze dias tive relções e houve um sagramento com pedaços de sangue, fiquei apavorada, o que pode ser,ja marquei consulta.

Anônimo disse...

Bom dia, Dr.
Fiz uma histerectomia ha quatro anos e uns dias atrás ate pensei que estava grávida,depois de uns quinze dias tive relações e houve um sangramento com pedaços de sangue, fiquei apavorada, o que pode ser,já marquei consulta. Esqueci de dizer que estou com 52 anos.
Desde já agradeço.

Anônimo disse...

boa tarde doutor

com dezessete anos de idade foi detectada com um mioma tive que fazer a histerectomia é normal uma mulher com essa idade fazer um tipo de cirugia dessa.obg

Anônimo disse...

Doutor, Boa Noite
Minha mãe tinha o mioma muito grande e perdia muito sangue quando menstruava. Então a cerca de 4 meses ela fez um cirurgia que foi retirado o colo do utero e o mioma, porém ela ainda sente muita dor ela vem e passa. O médico disse que pode ter dado aderência na cirurgia e ela está com medo de que operar novamente. O que podemos fazer? e normal doer? será que é algum ponto querendo sair?
Grata Dri

Delma disse...

Boa noite Dr. fiz uma histerectomia total abdominal no dia 17/11/2011. foi encontrado útero volumoso de aproximadamente 20 cm com presença de vários nódulos miomatosos intramurais e subserosos. Evolui bem no pós-operatório. Mas hoje mesmo retirando o utero com 20 cm a minha barriga esta maior que antes isso é norma?
Posso usar cinta ainda com pontos?

Anônimo disse...

Bom dia Doutor,

Primeiramente gostaria de parabenizá-lo pelo seu auxílio a nós mulheres que ficamos desesperadas quando temos diagnósticos relacionados a miomas e outros problemas uterinos. Pois bem, tenho uma dúvida e gostaria muito que o você pudesse me ajudar. Pois bem, há um mês ao realizar um transvaginal a ginecologista me disse que eu estava com um mioma intramural de 10 cm e meu útero estava com um tamanho aproximado de 400cm³. Ela me conhece há uns 04 anos e sabe que tenho problemas constantes com sangramento, pois tenho anemia há anos. Já procurei um hematologista e o mesmo me falou que com certeza minha anemia provém do sangramento menstrual. Ela disse que como já tenho dois filhos e não pretendo mais ter nenhum, inclusive tenho problemas com uso de hormônios (devido a varizes o angiologista me recomendou não usar anticoncepcional) e ela havia me indicado no ano passado o uso de um DIU eu deveria avaliar bem a possiblidade de retira meu útero, pois eu resolveria o problema da anemia e da contracepção, e como diz ela ficaria livre dos miomas. Mas pergunto: posso ter algum problema decorrente da cirurgia? Essas aderências são comuns? A questão sexual, é realmente mais psicológico que fisiológico?

Anônimo disse...

Bom dia Doutor,

Primeiramente gostaria de parabenizá-lo pelo seu auxílio a nós mulheres que ficamos desesperadas quando temos diagnósticos relacionados a miomas e outros problemas uterinos. Pois bem, tenho uma dúvida e gostaria muito que o você pudesse me ajudar. Pois bem, há um mês ao realizar um transvaginal a ginecologista me disse que eu estava com um mioma intramural de 10 cm e meu útero estava com um tamanho aproximado de 400cm³. Ela me conhece há uns 04 anos e sabe que tenho problemas constantes com sangramento, pois tenho anemia há anos. Já procurei um hematologista e o mesmo me falou que com certeza minha anemia provém do sangramento menstrual. Ela disse que como já tenho dois filhos e não pretendo mais ter nenhum, inclusive tenho problemas com uso de hormônios (devido a varizes o angiologista me recomendou não usar anticoncepcional) e ela havia me indicado no ano passado o uso de um DIU eu deveria avaliar bem a possiblidade de retira meu útero, pois eu resolveria o problema da anemia e da contracepção, e como diz ela ficaria livre dos miomas. Mas pergunto: posso ter algum problema decorrente da cirurgia? Essas aderências são comuns? A questão sexual, é realmente mais psicológico que fisiológico?

Anônimo disse...

Boa tarde, Dr.Michel Zelaquett.
Fiz uma histerectomia subtotal à 38 dias e estou passando hoje pelo 2º "ciclo menstrual" (o 1º foi logo após a cirurgia, sinto cólicas na região pelvica e na cicatriz interna somente do lado esquerdo (onde ficou o nó dos pontos) e esta dor as vezes se estende pela perna) pode ser circulatório? ficou mais inchado e dói. Pode ser hérnia?
Voltei as atividades no trabalho com 34 dias. Sou magra peso 43,5 Kg .
A cicatrização interna já aconteceu? Devo procurar um Endocrino para verificar como estão os meus hormonios. O mé que não efetuou a retirada de um cisto do ovário como combinado, e não quero tomar anticoncepcional para isto, existe outra forma.
Obrigada,Doutor.
A

Virginia disse...

Boa noite Dr!

Desde o início da minha regra sempre senti mts dores e tinha mts hemorragias, aos 22 anos apareceu um mioma intramural,era pq, aos 23 ele foi crescendo....apareceram outros 2, tinha hemorragias ainda maiores, era desesperador, sofria mt... E as pessoas não acreditavam em mim, achavam q eu enganava p não trabalhar(sempre saía dos empregos....). 2 vzs por mês eu acabava no hospital devido as dores e sangramento..eu desmaiava... num desses dias um médico ao fazer o toque disse q meu problema era endometriose tb,admirou-se pelo fato do meu médico nunca ter reparado, pq era perceptivel ao toque...Depois desse dia minha vida ficou ainda pior. Fiz minha 1ª cirurgia aos 25 para retirar os miomas,por laparo...mas só foi retirado um não deu para retirar o outro...um ano depois operei novamente, retirei o outro mioma e tb cauterizou os focos da endometriose... 2 anos depois operei novamente outro mioma e focos da endometriose.. aos 30 acabei retirando o útero,mas na cirurgia houve complicações,tive hemorragia interna , tiveram q refazer a cirurgia e nessa 2ª o médico cortou meu ureter e nao viu, resumindo:Fiquei 6 meses internada,e ao longo desses 6 meses até fazer o implante do ureter fiz várias outras cirurgias menores,devido as hemorragias constantes q apresentava ..., Após ter passado por td isso continuei com mts dores e aos 32 retirei os 2 ovários. Estou com 34, Sinto algumas dores, mas acho q é devido as cirurgias, mas agora o problema é a menopausa...Faço uso de tibolona há 1 ano e meio e meu hormônio ainda está desregulado, sinto fogachos fortíssimos, e uma absurda sudorese q me incomoda e me deixa envergonhada....Meu médico diz q só posso usar a tibolona, senão meu problema volta...é verdade? M ajuda... Não tive filhos...sofro mt c td isso...Só quero minha vida normal d volta...

Anônimo disse...

Mim chamo lucia, tenho 36 anos, sem filhos, mim submeti a miomectomia em 17.11.11 e foi retirado 07 miomas. No entanto estou preocupada , pois comecei a subir e descer escada antes do quintio dia de cirurgia. Informo que não estoiu sentindo nada em relação a cirurgia, mas muitas pessoas estão amedrontando em relaçao em relação a subir e desscer escaca e que eu terei problemas com certeza no futuro. Dr. diantre de sua atenção dispensada a todos, por gentileza minm responda se terei problemas de saude no futuro e qual tempo médo parta retorno as atividades? por favor, pode ser uma pergunta boba mas está mechendo muito comigo. grata

Deisi disse...

Boa noite Dr. Michel.

Ao ler a maioria dos comentários percebí uma grande preocupação das mulheres no sentido de que seria a histerectomia parcial um método de esterilização, ou não.
O Sr. explicou que no caso das histerectomias parciais o corpo uterino é retirado e é desfeita a "conexão" entre o útero e as trompas, de modo que não haveria a possibilidade de a mulher engravidar, pois sequer a fecundação ocorre. A mesma dúvida ocorre comigo. Passei por esse procedimento há seis anos, quando tinha a idade de 41 anos. Tenho dois filhos adultos. A cirurgia foi muito bem pensada e avaliada com a médica e com meu marido. Desde a cirurgia, a cada três ou quatro meses tenho esses pequenos sangramentos, que tem cor de borra de café. Às vezes tenho receio de que por algum meio a fecundação ainda possa acontecer, ocasionando abortos espontâneos e talvez até uma gravidez fora do útero. Gostaria de saber se existem relatos na medicina de gravidez após a histerectomia parcial? Essa preocupação, que parece tão comum entre as mulheres submetidas a tal procedimento, estaria relacionada a fatores psicológicos?

Grata.

Sirodrigues disse...

Boa noite Dr. Michel,

Moro nos Estados Unidos e retirei o meu utero dia 8/12/2011. tem 11 dias e hoje para minha surpresa, fiquei menstruada. Meu medico disse que eu nao teria mais menstruacao, pois foi por causa de uma anemia que eu tive que retirar meu utero. Faco tratamento a tres anos e sem melhoras... Minha dermatologista me indicou que eu conversasse com minha medica sobre meu periodo. Eu conversei, fiz ultrasom e ela me passou para um especialista. A unica solucao foi a retirada do utero. Mas para minha surpresa, acho que nao adiantou. E normal ter periodo depois da cirurgia???

Anônimo disse...

Boa noite, minha mãe fez a cirurgia de retirada do útero devido a miomas. A cirurgia foi realizada dia 05/12. Gostaria de saber de quanto tempo é a recuperação, quando ela poderá fazer exercícios físicos, enfim voltar a vida normal, pois ainda ela sente dores abdominais e também nas pernas. Ela descreve as dores nas pernas como se estivesse perdendo as forças, "bambas".
Obrigada.

Patrícia disse...

Olá, é possível que uma pessoa histerectomizada devido à mioma desenvolva NIC? Obrigada!

Maribel disse...

Fiz histerectomia a um mês. No décimo quinto dia comecei a sangrar e retornei.Uma artéria se rompeu e comecei a perder sangue. Teve que dar 3 pontos.Tenho sentido dores. É normal sentir essas dores após a cirurgia? Durmo de bruços e doi.Não tenho dormido direito, pois sinto dores.Ficar sentada também dói. Pode ser gazes?

Safhira disse...

Boa tarde Dr.Michel,
Estou para completar 45 anos,tenho um filho e tive uma gravidez ectópica na qual perdi uma trompa.
Há 1(um) mês fiz meus exames de rotina. Preventivo,mamografia e ultrasom.E foi diagnosticado dois nódulos que são Miomas submucosos de 13mm e a Dra,me disse que preciso operar. Fiquei bastante triste,mas resolvi buscar uma segunda opinião e o outro médico me encaminhou para uma junta cirúrgica. Estou assustada e confusa.E ao ler aqui no site,percebi que não é assim obrigatóriamente a retirada de útero e tudo mais.Gostaria de melhor orientação. Pode me ajudar?
Agradeço e peço que Deus o abençoe

Anônimo disse...

Bom dia

tenho 36 anos e há 10 meses tive meu 2o filho.
antes da gravidez foi identificado um mioma peduncular de 4cm diametro, que cresceu junto com a gravidez estando agora com quase 9 cm d.
Minha médica atual me aconselhou a fazer a histerectomia, uma vez que já fiz ligadura e que conforme ela, o útero está de agora em diante servindo apenas para "menstruar" e que isso é um incômodo desnecessário.
Gostaria de sua opinião a respeito, pois não vi nenhum outro caso nos comentários anteriores.
Muito obrigada!!

Anônimo disse...

Bom dia dr me chamo Cristiane, ha uns 20 dias fiz uma miomectomia abdominal e venho sentindo um peso leve no lado esquerdo isso é normal depoi da cirurgia?

Anônimo disse...

ola meu nome é maria
e retirei meu útero a um ano mas ainda tenho o colo útero mas sangro é normal?

Anônimo disse...

Olá, meu nome é Anna, fiz histerectomia á 14 dias e trabalho como auxiliar administrativo, qdo posso voltar ao trabalho, e por quanto tempo é aconselhável andar á pé.

Anônimo disse...

Marlene

Olá dtr: Michel
Vou fazer uma histerectomia pois estou com vários miomas e meu utero esta com 1 k e meio estou preocupada porque tenho pressão alta e tomo ant-depressivo pra depressão e sindrome do panico, gostaria de saber quais riscos corro e se a anestesia é geral ou local me ajude por favor to com muito medo

obrigado Dtr

Almira Jardim disse...

Dr. fiz uma cirurgia tirei o utero e um ovario faz 2 meses. E ja faz 3 vezes que vem um pouco de sangramento
É NORMAL ISSO não tem perigo de engravidar

Anônimo disse...

FIZ UMA CIRURGIA DE RETIRADA DO UTERO FAZ 6 MESES,CORREU TUDO BEM,MAS ULTIMAMENTE TO SENTINDO UMA DORZINHA TIPO ARDENTE NO RUMO DO CORTE DO LADO ESQUERDO,ISSO É NORMAL?

Unknown disse...

Olá, fiz uma mimectomia no dia 14/02/2012, tinha um mioma enorme, 6x9cm, vários médicos indicaram a histerectomia, mas tenho 37 anos e uma filha só, não queria perder a capacidade de engravidar... COrreu tudo bem na cirurgia, meio dolorosa só... Mas agora já faz quase 15 dias e ainda estou com a barriga inchada, dormente, até quando será? O que faço para melhorar esse inchaço?

Anônimo disse...

oi bom dia vou fazer uma histerectomia . a algum risco de fazer abdominoplastia junto será feita a retirada do utero preservando os ovarios.

Silvana disse...

Doutor, eu tenho 38 anos. Estou morando na Alemanha e a minha médica disse que estou um grande mioma. Ela me indicou cirurgia.
Mas estou receosa em fazê-la aqui.
Por favor, o senhor poderia me indicar algum profissional em São Paulo?
Obrigada.

Angobrasileira disse...

Há uma semana sofri este procedimento, e confesso, que pode até ser psicológico, mas as vezes pareço estar com depressão pós-parto...os ovários e trompas foram preservados, e fora as dores e a depressão, sinto-me melhor do que imaginei!!

Silvana disse...

Bom dia, Dr. Michel!
Tenho 45 anos e nunca engravidei. Já a uns 5 anos tenho três miomas, sendo intramural, submucoso e subseroso. De uns 2 anos pra cá eles resolveram aumentar bastante de tamanho, bem como meu útero e o médico não conseguiu ver na ultrason o endométrio e os ovários por causa deles. Eu estou a 3 meses fazendo tratamento para deficiência de ferro, ocorrida por causa de sangramentos intensos nos períodos menstruais. Assim, minha ginecologista decidiu que devo fazer uma histerectomia o mais rápido possível, já que os miomas estão crescendo rapidamente desta vez. Eu gostaria de saber se posso esperar mais alguns meses para esta cirurgia. Porque tem que ser o mais rápido possível? O que pode acontecer se eu esperar até pelo menos o final deste ano. Obs.: tenho trombofilia, com histórico de trombose + embolia pulmonar ocorrido a 3 anos e meio. Obrigada! Silvana.

Lisi Silveira disse...

Dr.estou com suspeita de endometriose,mesmo fazendo uso de anticoncepcional minha menstruaçao vem no minimo 3 vezes no mes,tenho muitas dores,sinto vontade de urinar o tempo todo,sinto a bexiga muito cheia mas quando vou ao banheiro,sai bem pouca urina e sinto dor.fiz uma RM pélvica e a cavidade endometrial é de 5mm.esse valor ja indica endometriose?Lisiane Gonçalves.>

Maria alves disse...

Boa noite doutor. Fiz histerectomia parcia onde foi retiradao apenas o utero permanecendo o colo. agora depois de 2 anos comecei a menstruar de novo . é pouco mas a infeliz apareceu . isso é normal ? no inicio era só uma manchinha mas agora está mais e dura todo o ciclo antigo que era de 7 dias. quero estrangular meu me´dico que deixou essa droga de colo. não quero continuar tomanfdo hormonio. será q isso vai piora e vou voltar a menstruar 'normalmente" meu médico é do tipo : está tudo normal!!
Me ajude doutor . qual é a vantagem e desvantagem em não retirar o colo?

Anônimo disse...

Boa noite doutor!
estava lendo alguns comentarios acima e ve que o risco de utero e de 1%, minha mae morreu a 6 anos atras fez retirada de utero teve 3 cortes na barriga e foi a laser, o risco é maior fazendo a laser? ela teve embolia pulmonar. a medica foi inegligente ...

Anônimo disse...

Bom dia doutor a poucas semanas descobri que tenho mioma medindo 67 mm em corpo uterino...fui ao ginecologista e ele me indicou uma histerectomia so q eu tenho apenas 23 anos e gostaria muito de ter filhos...tem alguma possibilidade de fazer uma outra cirurgia para q eu possa ter filhos...por favor me responda...nao tenho nenhum filho

Anônimo disse...

quanto tempo dura as cicatrizações internas?
estou perguntado por que fiz a cirurgia da retirada do útero ele estava com vários miomas agrupados e ele estava com o tamanho fora do normal,mas na biopsia deu tudo certo.o médico me deu um mês para ficar em casa.mas a minha barriga ainda está levemente dolorida!

Fernanda disse...

Olá! Sou Fernanda, tenho 24 anos e tenho pavor de ter filhos. É uma coisa muito forte é como se fosse uma "fobia de engravidar"! E eu gostaria de saber se é possível pagar um médico para que eu possa realizar a histerectomia! E se é necessário algum documento dizendo que eu estava ciente do que estava fazendo e das consequências, para não poder culpar o médico por isso. Tenho muita vontade de retirar meu útero pra acabar com meu medo de engravidar e poder ficar em paz!

Sonia disse...

Boa noite Dr. Michel,

Por favor, me tire uma dúvida. Fiz histerectomia total dia 16/05/2012. Estou de repouso direto em casa, mas ainda sinto dormência na barriga e minha barriga está caída, literalmente caída em cima do corte que foi dado. Não usei cinta logo no início, pois tive uma terrível tosse logo que saí do hospital, tornando minha recuperação mais dolorida, mas procuro usar calças bem apertadas, principalmente nessa região que está muito caída. Minha dúvida é: será que minha barriga vai voltar como era antes, pois ela era retinha e agora está aquela bolsa em cima do corte. Isso é normal acontecer, ou nunca mais vou ter minha barriguinha de volta? Depois que tirei os pontos, melhorou bastante, porque estava inchado também né, mas já se passaram quase 30 dias que operei e a barriga continua caída em cima do corte, isso é normal?? e porque quando fico sentada muito tempo, tenho dificuldades para levantar?? não posso nem me distrair um pouco no computador, que logo parece que a barriga incha e as dores começam...
Desde já obrigada...

Anônimo disse...

Boa Tarde Dor Michel.
Doraci.
Fiz uma cirúrgia de retirada do útero,ficando o colo do útero e o ovário onde correu tudo bem,fazem oito meses.Porem sinto muitas cólicas.e dores no seis como se fosse menstruar. Isto é comum acontecer.

Anônimo disse...

Boa tarde,
Meu nome Yoko, fiz histerectomia radical CA no colo uerino, ainda não tive relação com meu marido, estou com medo, fica muito curta o canal da vagina(?), já que o cirurgião retirou parte dela.
Obrigada.

Safhira disse...

Dr.Michel,boa noite! Esperei desde Janeiro e até hoje naon tive o previlégio de obter sua resposta. Fiz os exames,Videohisteroscopie com biopsie ,ultrassons e a Dra.me disse que possuo 3 pequenos miomas.Mas que devo tomar o remedio para suspender a mestruação. Tenho medo desse procedimento.Tenho 45 anos e nunca tomei um anticoncepicional.Tambem sou hipertensa. Ela mandou que eu tome por 3 meses sem pausa.fico imaginando as reações possiveis.Acho um tanto estranho suspender a mestruação. O e me diz a respeito. Me oriente po favor.

Depoimento